Êxodo – Capítulo 35


1 Moisés reuniu toda a comunidade de Israel e lhes disse: Estas são as coisas que o Senhor os mandou fazer:
2 Em seis dias qualquer trabalho poderá ser feito, mas o sétimo dia lhes será santo, um sábado de descanso consagrado ao Senhor. Todo aquele que trabalhar nesse dia terá que ser morto.
3 Nem sequer acendam fogo em nenhuma de suas casas no dia de sábado!
4 Disse Moisés a toda a comunidade de Israel: Foi isto que o Senhor ordenou:
5 “Separem dentre os seus bens uma oferta para o Senhor. Todo aquele que, de coração, estiver disposto, trará como oferta ao Senhor ­ ouro, prata e bronze;
6 fios de tecidos azul, roxo e vermelho; linho fino e pêlos de cabra;
7 peles de carneiro tingidas de vermelho e couro[79]; madeira de acácia;
8 óleo para a iluminação; especiarias para o óleo da unção e para o incenso aromático;
9 pe­dras de ônix e outras pedras preciosas para serem encravadas no colete sacerdotal e no peitoral.
10 Todos os que dentre vocês forem capazes virão fazer tudo quanto o Senhor orde­nou:
11 o tabernáculo com sua tenda e sua cobertura, os ganchos, as armações, os travessões, as colunas e as bases;
12 a arca com suas varas, a tampa e o véu que a protege;
13 a mesa com suas varas e todos os seus utensílios, e os pães da Presença;
14 o candelabro com seus utensílios, as lâmpadas e o óleo para iluminação;
15 o altar do incenso com suas varas, o óleo da unção e o incenso aromático; a cortina divisória à entrada do tabernáculo;
16 o altar de holocaustos com sua grelha de bronze, suas varas e todos os seus utensílios; a bacia de bronze e sua base;
17 as cortinas externas do pátio com suas colunas e bases, e a cortina da entrada para o pátio;
18 as estacas do tabernáculo e do pátio e suas cordas;
19 as vestes litúrgicas para ministrar no Lugar Santo, tanto as vestes sagradas de Arão, o sacerdote, como as vestes de seus filhos, para quando servirem como sacerdotes”.
20 Então toda a comunidade de Israel saiu da presença de Moisés,
21 e todos os que estavam dispostos, cujo coração os impeliu a isso, trouxeram uma oferta ao Senhor para a obra da Tenda do Encontro, para todos os seus serviços e para as vestes sagradas.
22 Todos os que se dispuseram, tanto homens como mulheres, trouxeram jóias de ouro de todos os tipos: broches, brincos, anéis e ornamentos; e apresentaram seus objetos de ouro como oferta ritualmente movida perante o Senhor.
23 Todos os que possuíam fios de tecidos azul, roxo e vermelho, ou linho fino, ou pêlos de cabra, peles de carneiro tingidas de vermelho, ou couro, trouxeram-nos.
24 Aqueles que apresentaram oferta de prata ou de bronze trouxeram-na como oferta ao Senhor, e todo aquele que possuía madeira de acácia para qualquer das partes da obra, também a trouxe.
25 Todas as mulheres capazes teceram com suas mãos e trouxeram o que haviam feito: tecidos azul, roxo e vermelho e linho fino.
26 Todas as mulheres que se dispuseram e que tinham habilidade teceram os pêlos de cabra.
27 Os líderes trouxeram pedras de ônix e outras pedras preciosas para serem encravadas no colete sacerdotal e no peitoral.
28 Trouxeram também especiarias e azeite de oliva para a iluminação, para o óleo da unção e para o incenso aromático.
29 Todos os israelitas que se dispuseram, tanto homens como mulheres, trouxeram ao Senhor ofertas voluntárias para toda a obra que o Senhor, por meio de Moisés, ordenou-lhes que fizessem.
30 Disse então Moisés aos israelitas: O Senhor escolheu Bezalel, filho de Uri, neto de Hur, da tribo de Judá,
31 e o encheu do Espírito de Deus, dando-lhe destreza, habilidade e plena capacidade artística,
32 para desenhar e executar trabalhos em ouro, prata e bronze,
33 para talhar e lapidar pedras e entalhar madeira para todo tipo de obra artesanal.
34 E concedeu tanto a ele como a Aoliabe, filho de Aisamaque, da tribo de Dã, a habilidade de ensinar os outros.
35 A todos esses deu capacidade para realizar todo tipo de obra como artesãos, projetistas, bordadores de linho fino e de fios de tecidos azul, roxo e vermelho, e como tecelões. Eram capazes de projetar e executar ­qualquer trabalho artesanal.

Share this:

SOBRE O AUTOR

Paulo Matheus Souza de Souza nasceu em 1989, na cidade Porto Alegre. É engenheiro civil e trabalha com pesquisa na área. Começou a escrever cedo, junto com os irmãos, primos e amigos. Juntos, eles fundaram uma “editora”, chamada Scott, onde o que mais faziam basicamente histórias em quadrinhos. Com o tempo, o autor passou a escrever histórias mais longas, algumas até hoje inacabadas. Em 2008 começou a escrever contos e crônicas neste blog pessoal.

0 comentários: