Kevin Max: O Feudo de Anjos

O ex- DC Talk lança EP para promover seu novo livro: Fiefdom of Angels.




Apesar de não ter conseguido a mesma notoriedade no meio cristão que Tait ou Toby Mac, após o fim do trio DC Talk, a criatividade de Kevin Max continua como nos tempos de There is a Treason at Sea, com o emocionante encerramento da canção no álbum Supernatural do trio.a

Lançado em fevereiro deste ano, o EP Fiefdom of Angels (Feudo dos Anjos) é mais um dos projetos solos do ex-DC Talk, que hoje conta com quatro álbuns, quatro EPs e sete livros lançados.

As cinco faixas de Fiefdom of Angels integram a trilha sonora do livro homônimo, escrito pelo próprio Max em 2011. A obra narra a história da formação dos anjos e da última batalha dos céus, que ocorreu muito antes da existência humana. E para completar a coleção, Kevin está lançando o livro em quadrinhos.

De acordo o cantor, a ideia para escrever essa historia surgiu em 1996, durante a bem sucedida turnê Jesus Freak, quando a banda DC Talk estava em seu auge. Na ocasião, Max escreveu o poema intitulado A Queda de Lucifer. Ele relata em seu site: “Na época, eu tinha escrito um monte de novas poesias para um acompanhamento, que incluem na minha coleção de poemas publicados, At The Foot Of Heaven”.

Fã do gênero da fantasia, com ênfase em Tolkien e C.S. Lewis, Kevin Max tentou dar a seus quadrinhos um tom épico semelhante, embora ele mesmo considere que não seja nada tão empolgante quanto às obras-primas dos Inklings, a sociedade de escritores irlandeses do qual Tolkien e Lewis faziam parte.

Para o EP, com exceção de End of the Beginning, Kevin Max regravou canções de bandas de rock dos anos 80 e 90, como Deepeche Mode e The Walkers Brothers, revelando um estilo totalmente diferente do que ele apresentava ao seu público desde que iniciou sua carreira solo em 2001. A seleção é, no entanto, apropriada para os quadrinhos.

Kevin Max conheceu seus colegas de banda Toby McKeehan (Toby Mac) e Michael Tait quando estava na faculdade. Juntos, eles formaram o DC Talk e conquistaram grande sucesso no meio cristão e até fora dele. A banda recebeu quatro prêmios Grammy e dezesseis Dove. Em 2000, a banda decidiu entrar suspender seus trabalhos sem previsão de retorno.

Desde então, Max tenta criar uma identidade para si mesmo fora da banda. Sua vontade em criar uma arte universal que possa ser apreciada por cristãos budistas e ateísta impede que alcance sucesso no mercado secular e cristão, visto com suspeitas por ambos os grupos.

Seu primeiro álbum solo, Stereotype Be, foi louvado pela crítica por sua versatilidade, ao produzir uma sonoridade intrigante que em muito diferencia das letras e melodias da ex-DC Talk e marcando-o como a voz enigmática e independente da banda.


Mais uma vez o cantor renova e expressa toda sua criatividade com Fiefdom of Angels, uma boa sugestão para quem gosta de histórias fantásticas mescladas coma poesia e voz sempre afinada de Kevin Max.


Paulo Matheus de Souza

(Publicado Originalmente na Revista Selo).

Share this:

SOBRE O AUTOR

Paulo Matheus Souza de Souza nasceu em 1989, na cidade Porto Alegre. É engenheiro civil e trabalha com pesquisa na área. Começou a escrever cedo, junto com os irmãos, primos e amigos. Juntos, eles fundaram uma “editora”, chamada Scott, onde o que mais faziam basicamente histórias em quadrinhos. Com o tempo, o autor passou a escrever histórias mais longas, algumas até hoje inacabadas. Em 2008 começou a escrever contos e crônicas neste blog pessoal.

0 comentários: