O Alpinista - Uma mensagem bem conhecida dos cristãos


Esta é a história de um alpinista que sempre buscava superar maise mais desafios.
Ele resolveu, depois de muitos anosde preparação, escalar o Aconcágua. Mas ele queria a glória somente para ele, e resolveu escalar sozinho, sem nenhum companheiro, o que seria natural no caso de uma escalada desse grau de dificuldade.
Ele começou a subir e foi ficando cada vez mais tarde. Porém, ele não havia se preparado para acampar e resolveu seguir a escalada decidido a atingir o topo.
Escureceu e a noite caiu como breu nas alturas da montanha e não era mais possível enxergar um palmo à frente do nariz. Não se via absolutamente nada! Não havia lua e as estrelas estavam cobertas pelas nuvens.
Subindo por uma "parede" a apenas 100 m do topo, ele escorregou e caiu. Caia a uma velocidade vertiginosa. Somente conseguia ver as manchas que passavam cada vez mais rápidas na mesma escuridão e sentia a terrível sensação de ser sugado pela força da gravidade.
Ele continuava caindo...Nesses angustiantes momentos, passaram por sua mente todos os momentos felizes e tristes que ele já havia vivido.
De repente ele sentiu um puxão forte que quase o partiu ao meio. Como todo alpinista experimentado, havia cravado pinos de segurança com costuras a uma corda que fixou em sua cintura.
Nesse momento de silêncio, suspenso pelos ares na completa escuridão, não sobrou para ele nada além do que gritar...
- OH... MEU DEUS, AJUDE-ME!
De repente uma voz grave e profundavinda do céu respondeu:
- QUE VOCÊ QUER DE MIM,MEU FILHO?
- Salve-me meu Deus, por favor!
- VOCÊ REALMENTE ACREDITAQUE EU POSSA TE SALVAR ?
- Eu tenho certeza, meu Deus!
- ENTÃO CORTE A CORDA QUE TE MANTÉM PENDURADO...
Houve um momento de silêncio e reflexão.O homem se agarrou mais ainda à corda e refletiu, que se fizesse isso, morreria!
Conta o pessoal do resgate que no outro dia encontrou um alpinista congelado, morto! Agarrado com força, com as suas duas mãos, a uma corda......A SOMENTE DOIS METROS DO CHÃO!

Share this:

SOBRE O AUTOR

Paulo Matheus Souza de Souza nasceu em 1989, na cidade Porto Alegre. É engenheiro civil e trabalha com pesquisa na área. Começou a escrever cedo, junto com os irmãos, primos e amigos. Juntos, eles fundaram uma “editora”, chamada Scott, onde o que mais faziam basicamente histórias em quadrinhos. Com o tempo, o autor passou a escrever histórias mais longas, algumas até hoje inacabadas. Em 2008 começou a escrever contos e crônicas neste blog pessoal.

0 comentários: