Apesar

"O que tenho a lhe dizer é muito triste, minha querida,
estou com o coração apertado, pode parecer exagero;
mas parece com a chuva de inverno, que me deixa sem saída,
e com a lagrima que cai num desespero...


Meus pensamentos doem, não encaixo certas peças...
durmo pensando em redesenhar aquilo que construí,
mas sou um servo de uma vida de promessas
e sei que meu lugar, apesar, ainda será aqui .


Saiba que algumas palavras são tão fortes quanto uma rocha,
mas os sentimentos são tão intensos quanto a luz solar.
Tento ver o que ninguém definitivamente gosta.


Por outro lado, querida, estou sempre a pensar,
em tudo, praticamente tudo sobre essa amostra...
de versos, que estou a lhe dedicar."


Paulo M. S. Souza

Share this:

SOBRE O AUTOR

Paulo Matheus Souza de Souza nasceu em 1989, na cidade Porto Alegre. É engenheiro civil e trabalha com pesquisa na área. Começou a escrever cedo, junto com os irmãos, primos e amigos. Juntos, eles fundaram uma “editora”, chamada Scott, onde o que mais faziam basicamente histórias em quadrinhos. Com o tempo, o autor passou a escrever histórias mais longas, algumas até hoje inacabadas. Em 2008 começou a escrever contos e crônicas neste blog pessoal.

0 comentários: